Há um projeto, de autoria do Executivo, que tramita na Câmara Municipal de Campinas desde junho e “dispõe sobre empreendimento habitacional de interesse social EHIS-COHAB”. Uma das principais mudanças para a construção de morarias para famílias de baixa renda em Campinas proposta pelo Projeto de Lei 36/17 é que todo empreendimento habitacional terá que ser desenvolvido e implementado pela COHAB, mesmo que promovidos por entes privados, como cooperativas habitacionais.

Para discutir as consequências dessa Proposta, convidamos militantes e especialistas no assunto para um debate que será realizado nessa quinta-feira, 17 de agosto, a partir das 19h: Eleusina Freitas (Demacamp), Cintia Zaparoli (SASP-SP) e Gisela Leonelli (FEC/UNICAMP).

Todos e todas convidados/as para debater a cidade!

#PedroTourinho

Bitnami