Excesso de buracos faz ônibus mudar itinerário no Campo Grande

Excesso de buracos faz ônibus mudar itinerário no Campo Grande

Os moradores da região do Campo Grande estão com uma novidade a partir destas segunda-feira, dia 22 de maio. A Itajaí Transportes Coletivos, responsável pelo transporte público da região distribuiu, desde o final da semana passada, um aviso de mudança de trajeto da linha 212, e o motivo foi o excesso de buraco das ruas.

O comunicado trazia a seguinte informação: “Srs. Usuários: A partir do dia 22/05/2017, segunda-feira a linha 212 não atenderá a rua Orlando Paschoal devido ao excesso de buracos, sendo assim irá atender na rua Benjamin Moloise. Desde já, agradecemos a compreensão de todos.”

Agora, por falta de manutenção da prefeitura, os moradores do Jardim São Bento, onde a Rua Orlando Paschoal está localizada, terão que andar cerca de 500 metros a mais, em uma subida, para conseguir utilizar o transporte público.

A responsabilidade de manutenção das vias públicas está na Secretaria de Serviços Públicos, que teve seu orçamento diminuído em 11% de 2016 para 2017. Além disso, o cidadão e a cidadã de Campinas paga R$ 4,50 de tarifa – uma das mais caras do Brasil, além da prefeitura disponibilizar R$ 95 milhões de subsídio para as empresas de ônibus.

O mandato já fez requerimento para a prefeitura exigindo esclarecimentos, além de um cronograma para resolver o problema.