Transportes: Justiça determina fim da dupla função do motorista

Transportes: Justiça determina fim da dupla função do motorista

A Justiça de Campinas, através da 9ª Vara do Trabalho, determinou que as empresas de ônibus de Campinas proíbam os motoristas de exercer a função de cobrador. A determinação veio após o pedido de liminar do MPT (Ministério Público do Trabalho) ser aceito.

Segundo a decisão, as empresas tem 30 dias para cumprir a decisão. O MPT ainda pedia uma indenização de R$ 1 milhão de cada empresa, por lesão aos direitos dos trabalhadores, mas isso não foi acatado.

A abertura do procedimento, segundo o MPT, foi provocada pela demissão em massa de cerca de 1,5 mil cobradores, que culminou no acúmulo de função dos motoristas, bem como de denúncias individuais sigilosas apresentadas por trabalhadores que passaram a dirigir e cobrar passagens, muitas vezes de forma simultânea, fato confirmado pela Emdec, pela Transurc e por concessionárias oficiadas pelo MPT.

Ainda em 2014, o Vereador Pedro Tourinho  protocolou um projeto que obrigava as empresas de ônibus a terem dois funcionários em cada veículos, mas a base governista da Câmara arquivou a proposta.

Pedro Tourinho - Logotipo preto e branco

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>