Câmara de Campinas torna Bolsonaro “persona non grata” na cidade

Câmara de Campinas torna Bolsonaro “persona non grata” na cidade

A Câmara de Campinas aprovou uma moção de protesto, do vereador Pedro Tourinho, contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). O parlamentar, em entrevista ao jornal Correio Popular, na edição de domingo, 1º de Maio, comentou a Moção de Protesto aprovada por esta casa, contra o elogio ao torturador da ditadura militar, Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra durante sessão da Câmara dos Deputados.

O parlamentar afirmou ao Correio Popular: “Essa Câmara Municipal de vocês aí é fraca. Estou me lixando para esses vereadores que votaram isso. Eles não têm o que fazer, são uns desocupados… Esses vereadores são otários!”.

“Ao invés de reconhecer que elogiar um torturador reconhecido pela Justiça como tal foi uma péssima atitude, Bolsonaro prefere reafirmar sua posição ao chamá-lo de herói nacional e ainda insulta todos os campineiros representados na Câmara Legislativa”, afirmou Tourinho.

Na moção, Tourinho ressalta que discorda da tentativa de Bolsonaro de desqualificar o Poder Legislativo municipal e afirma também que o parlamentar passa a ser persona non grata em Campinas. Após a aprovação, o documento será encaminhado ao gabinete do deputado.

Pedro Tourinho - Logotipo preto e branco

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>